Febre Amarela: vacina é indispensável para evitar a doença

Projeto Imunize oferece trilha específica sobre o manejo da Febre Amarela

05/02/2024 00h00min

noticias

A Febre Amarela é uma  uma doença infecciosa febril aguda transmitida por mosquitos. Nos casos mais graves, provoca febre alta, icterícia, hemorragia e insuficiência de órgãos. Endêmica nas regiões tropicais e subtropicais da África e América do Sul, uma pessoa contrai a doença quando picada por um mosquito previamente infectado. A cada ano no mundo todo, estima-se cerca de 200 mil casos de Febre Amarela com 30 mil mortes. Quer saber mais? Inscreva-se agora mesmo no Projeto Imunize, pela aba Cursos do nosso portal e atualize seus conhecimentos sobre o manejo clínico da Febre Amarela. 
Para evitar a doença, a vacinação é indispensável: "É uma vacina baseada em vírus vivo atenuado e confere uma imunidade muito elevada, sendo extremamente eficaz e segura, ressalta o infectologista Antônio Toledo Júnior que participa da teleula desta trilha do Projeto Imunize. 
Além da Febre Amarela, as outras trilhas que integram o projeto do CONASEMS e também estão disponíveis no AVA são: Caxumba, Coqueluche, Difteria, Febre Amarela, Haemophilus Influenzae B, Hepatite A, Hepatite B, HPV, Influenza, Covid-19, Meningite, Pneumonias Adquiridas na Comunidade (PAC), Poliomielite, Varicela, Raiva Humana, Rotavírus, Rubéola, Sarampo, Tétano, Tuberculose e Botulismo. Cada curso tem duração de 40 horas e dá certificado para quem atingir 40% de acesso e 60% de aproveitamento na trilha. Vale lembrar também de que a conclusão de 5 trilhas resultará em uma certificação de aperfeiçoamento em doenças imunopreveníveis a mais.